leram-me

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Matias


O sábado acordou solarengo...um pouco tímido, mas aquecendo as almas e o rostos cansados de tantos dias de chuva cinzentona. Um miado estridente entrava pela casa, sem pedir licença, sem usar a porta...vinha pelas paredes, pela fechadura...pelas vidraças quentes de sol! Um gatinho perdido e assustado procurou abrigo num motor do carro do vizinho...e como qualquer gato que se preze, não sabia como sair! Quando o capô se abriu, qual flecha, desapareceu, disparado pela rua. Mas era apenas um bebé...com frio, perdido e assustado. Voltou para outro carro e miava tão alto que não deixava ninguém indiferente. Desta vez estava preparada e a abertura do capô deu lugar a um colinho. Ainda tentou fugir, mas escolheu aninhar-se no colo quente...e ficou! 
Chamamos-lhe Matias...e parafraseando um filme que tanto gosto: "Ainda agora te conheci e já te adoro!"

5 comentários:

  1. Ohh, tão fofo :) O meu também o encontrei na rua, debaixo de um carro. Que bom que ele teve também essa sorte!

    _____________________
    aculpaedasbolachas.com

    ResponderEliminar
  2. Oh que fofo. Tenho um gatinho dessa cor também, é mesmo parecido

    ResponderEliminar