leram-me

terça-feira, 8 de julho de 2014

Nunca um erro...sempre uma lição!

Por vezes somos surpreendidos com acontecimentos que, de tão inesperados, nos causam alguma confusão. Depois do choque inicial, lá se consegue voltar à normalidade dos dias...agora ajustados às novas realidades. 
Quem me conhece bem diz que sou transparente demais...mas na verdade não me vejo assim. Primeiro, porque não sei o que significa ser só um bocadinho transparente...e depois porque sou assim como sou (transparente ou de tom arco-íris opaco-brilhante) desde que tenho capacidade de me observar enquanto ser humano. Contudo, tentava dar ouvidos ao que me diziam e, no meio dos meus vários ataques de fúria, depois dos tais acontecimentos inesperados e devastadores, fazia juras de mudança...já não ia mais ser assim...do jeito que era até então...agora ia ser uma Su diferente, cinzentona e completamente opaca! Nada de transparências! Daqui não ia sair nadinha! Não me iam descobrir as fragilidades nunca mais! Mas rapidamente percebia que tinha de voltar a ser a mesma Su de sempre...se calhar transparente demais...ingénua demais...crente demais...e também sofrida demais! Mas prefiro ser isso tudo demais...do que ser Su de menos! O que não me mata, torna-me mais forte! E o que pode ser visto como um erro por muitos... para mim é apenas mais uma lição...daquelas que acrescenta um mais à pessoa que eu já sou! 

1 comentário:

  1. É a primeira vez que estou no teu blog e gostei muito. Parabéns :)

    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar