leram-me

sábado, 23 de julho de 2011

Pintar o céu de azul

Por vezes temos de ser nós mesmos a desenhar os nossos raios de sol. Hoje decidi que ia viver um dia de Verão. Com direito a tudo! A sol quente, céu azul, água fresca, biquíni, gargalhadas e despreocupação. Apesar de extenuante, foi um dia muito positivo. Não houve tempo para pensamentos menos próprios desta estação, que por si só é sinónimo de felicidade! O vento soprou, sim, é verdade. Mas ainda assim não me impediu de olhar o céu azul, e de imaginar o imponente sol escaldante, com um rasgado sorriso de raio a raio, aconchegando-se numa ou noutra nuvem fofinha, com aspecto de almofada...é que isto das tardes quentes põe tudo em modo Sesta. O Sol não ia ser excepção! 

1 comentário: